Moana


O que dizer dessa Princesa que eu mal conheço e já considero pakas? Acho que deveria começar dizendo que ela, muito mais do que uma princesa, é uma aventureira, uma heroína dona de si mesma e uma líder que você vai respeitar. Moana é a Disney mandando muito, mas muito bem.

Prepare-se para um espetáculo visual, cheio de cor e vida. Um oceano de tirar o fôlego - sem trocadilho ;D - nos convida a uma emocionante aventura, onde a natureza exuberante e a lindíssima cultura polinésia são retratadas de forma tão bela que é capaz de arrancar sorrisos e trazer brilho aos olhos de espectadores sonhadores.

I can lead with pride. I can make us strong <3

No momento em que eu pus meus olhos em Moana pela primeira vez, há vários meses, me chamou a atenção a pele morena, os cabelos crespos lindíssimos soltos ao vento e, acima de tudo, a pose sempre decidida de seu corpo muito mais realista que o de qualquer outra Princesa Disney. Naquele momento eu soube que Moana seria diferente e, senhoras e senhores, eu não me decepcionei. Decidida, leal, destemida, determinada, com um coração e amor pela família maiores que o mundo, a carismática protagonista conquistou um lugar de destaque no meu coração.


Moana será para as jovens dessa geração o que Mulan foi para mim: uma inspiração. Por mais que eu tenha um enorme carinho pelos clássicos da Disney, é o caminho que as suas protagonistas têm tomado que fez com que esse meu amor crescesse. Com Bela e Mulan criando precedentes nos primórdios, seguida por Tiana que ousadamente quebrou muitos paradigmas, abrindo espaço para Meridas e Elsas da vida até chegarmos a Moana. Vemos na telona exemplos de empoderamento para nossas pequenas e grandes sonhadoras que provam que uma mulher pode ser muito mais do que uma princesa que aguarda o príncipe salvar o dia. Moana é a primeira Princesa da Disney a não ter um interesse romântico e, por mais que algumas outras princesas estivessem se preparando para governar - Elsa chegando a ser rainha pela obrigação- , é Moana quem de fato é a primeira líder, vista e aceita assim pelo povo de sua vila. Essa é a animação mais Girl Power que a Disney nos entregou e eu fico feliz pelas jovens que serão influenciadas por essa grande heroína.

#GirlPower
Destaque também para os ótimos personagens secundários que vão divertir e emocionar. Dentre eles, o semideus Maui me surpreendeu bastante em seu enredo, cativando por motivos diferentes do que eu esperava e, vindo de uma cacheada, gente que inveja daquele cabelo dele. Mas a minha personagem predileta é Tala, a excêntrica avó de Moana, que rouba o coração de todo mundo de tão linda e inspiradora, protagonizando as mais lindas cenas da animação.



Eu sou a velha doida da vila. Essa é minha função.

Pra quem curte, vale lembrar que Moana é um musical com uma trilha sonora ARRASADORA - meu spotify já está até cansado - e vale ressaltar a dificuldade que é fazer a tradução das músicas. Semelhante a Frozen, por mais que a nossa versão tenha ficado bonita, não consegue traduzir tudo aquilo que significa. A música principal da protagonista em português ressalta mais a dúvida do que a vontade de atender ao chamado, não conseguindo passar todo o sentimento que a música original passa.



Além de ser diversão garantida para crianças de todas as idades, Moana é uma linda jornada sobre autodescobrimento, mas também reverenciar suas raízes. É saber para onde vai e por onde passou. É ser a mudança que você espera e a heroína que precisa ser, sabendo que mesmo que você se baste, pode contar com os amigos e família para ir além, mesmo que os precise convencer que eles também são muito mais do que aquilo que são capazes de ver em si mesmos.

P.S. Moana, em havaiano significa “Oceano” ou “Mar profundo” <3


Livia metendo o bedelho:

Acrescentar algo a um texto tão inspirado e lindo como esse é tarefa impossível, então resolvi comentar um fato que me deixou nostálgica. Não costumo assistir trailers e nem acompanhar todo o burburinho durante a produção de um filme. Assim, somente na véspera de conhecer Moana descobri que a dublagem do semideus Maui foi feita pelo Saulo Vasconcelos, ator e cantor que brilhou nos palcos do antigo Teatro Abril no papel do Fantasma da Ópera. Apesar de não ter uma vasta lista de musicais assistidos, O Fantasma da Ópera sem dúvida está no meu Top 3, e a performance do Saulo é grandemente responsável por isso. Foi então com grande expectativa que sentei na poltrona e aguardei. E “De Nada” chegou para se tornar minha canção favorita do filme :)

Também quero um P.S. há uma cena pós crédito.


12 comentários:

  1. Carolina Fernandes13 de janeiro de 2017 15:31

    Assisti ao filme recentemente e não consigo tirar How Fas I'll Go da cabeça! Não sei mais o que fazer! hahaha

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jacqueline V. Da Silva16 de janeiro de 2017 10:43

      Oi, Carol. To cantando desde que assisti também rsrs que música perfeita <3

      Excluir
  • Marina Meirelles15 de janeiro de 2017 18:16

    Oi Jack, tudo bem?
    Ainda não vi o filme, mas estou ouvindo falar tão bem que estou ficando com vontade de ver! Desde que vi as primeiras imagens e o primeiro trailer lançado do filme, achei a Moana uma personagem um tanto cativante e acredito que vou gostar muito dela, assim como gosto de todas as personagens atuais que a Disney tem criado. Tomara que eu consiga ir assistir logo! Seu texto sobre o filme só meu deixou decidida a assistir.
    Beijos!!

    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jacqueline V. Da Silva16 de janeiro de 2017 10:47

      Hey, Marina. Tudo ótimo e você?
      Moana é puro amor. É o tipo de filme que eu gostaria que toda menina visse.
      Espero que goste tanto quanto eu.
      Bjs

      Excluir

Tecnologia do Blogger.