Um Lugar Silencioso

Um Lugar Silencioso é um suspense psicológico que mexe com seus sentidos e diversas vezes somos pegos segurando a respiração para não fazer barulho e despertar as criaturas que estão à espreita.

Regra #1 - Não faça barulho | Regra #2 - Nunca Saia do Caminho | Regra #3 - Vermelho significa "Corra!"
O filme se passa num futuro pós-apocalíptico no qual criaturas surgiram e começaram a atacar os humanos e antes do colapso geral da humanidade, descobriram que elas são atraídas pelo barulho, qualquer som acima de um sussurro já é considerado perigoso e pode ser fatal. Dessa forma, o silêncio é seu maior amigo, mas também uma grande fraqueza.

Somos inseridos na história sem muitas explicações, uma família em um mercado abandonado verificando o que ainda pode ser útil, por meio de manchetes de jornais antigos somos contextualizados sobre os monstros, o silêncio e que descobriram sobre a ameaça.


Evelin Abbott (Emily Blunt), a matriarca da família, e Lee Abbott (John Krasinsk) treinam muito bem os filhos: Regan (Millicent Simmonds), Marcus (Noah Jupe) e o pequeno Beau (Cade Woodward). Eles sabem a importância do silêncio e se manter atento a todo e  qualquer barulho, porém Regan, a mais velha, é surda e mesmo com um aparelho auditivo ela não capta nenhum tipo de som. Infelizmente, sua condição a deixa numa posição desfavorável ante a família - ela pode não falar, porém não saber os próprios sons pode ser um grande problema.

O filme é super instigante e vale muito a pena ser visto, a falta de diálogos causa um desconforto e ele vai aumentando no decorrer do filme com algumas cenas de absoluto silêncio. A família se comunica basicamente por sinais e troca de olhares, imergimos bem na ideia da ausência de som. E o entrosamento dos atores é tamanho que realmente torcemos pela sua sobrevivência e seguramos a respiração várias vezes.


Emily Blunt e Millicent Simmonds, merecem destaque, a expressividade da jovem Regan, sua rebeldia e sentimento de culpa transpassam a telona e mostra que não é preciso palavras para emocionar e surpreender. Emily mostra a que veio em uma das cenas mais angustiantes dos últimos tempos. 


Eu não considero “Um Lugar Silencioso” um filme de terror, ele te deixa ansioso e angustiado, me lembrou MUITO do livro Caixa De Pássaros (muito mais do que Piano Vermelho) - tanto que saí da sala falando que a Netflix tem que trazer essa experiência sensorial de alguma forma para o filme, senão não vou gostar hahaha -, mas não consigo encaixá-lo na minha ideia de terror, para mim entra como suspense psicológico e um dos bons.

Saí da sala muito empolgada com o filme e ele termina com gostinho de quero mais. Por conta da narrativa rápida e ágil, o filme tem só 1h30 de duração, não posso contar muito sobre o enredo. Vale a pena ser visto no cinema, porque o silêncio numa grande sala faz a diferença, os sons quando aparecem também! Recomendo! 

6 comentários:

  1. Luiza Helena Vieira22 de maio de 2018 22:01

    Oi, Denise!
    Mulher, na moral... não sei se iria conseguir ver esse filme que o povo não fala nada. Fico muito agoniada com isso porque sou uma pessoa que fala demais hahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise Rodrigues24 de maio de 2018 11:24

      Esse merece o esforço, Lu! E olha que também falo mais que o homem da cobra! uahsuhasuhuashas
      Acho que pra gente é ainda mais angustiante! Eu li em algum lugar que chega um momento que nem a pipoca no cinema a pessoa quis comer pq o barulho tava alto demais! uahsuahsuahsuahs

      Vale a pena!

      Bjs :*

      Excluir
  • Oi, Denise!
    Eu tenho muito medo de filmes de terror. Você não é a primeira a falar que ele é mais um suspense do que qualquer outra coisa, mas mesmo assim fico com receio, sabe? Eu fiquei bem curiosa para assistir, mas ao mesmo tempo tenho medo de ficar com muito, muito medo e me sentir incomodada o resto da semana hahahaha Espero que eu consiga assistir com alguém.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise Rodrigues28 de maio de 2018 21:34

      Oie Mari!

      Espera entrar na Netflix e assiste com alguém! Aí se vc não conseguir continuar assistindo você para! :D

      Mas vale a pena! É uma outra experiência!

      Bjs e obrigada pela visita.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.