Orgulho e Preconceito - Jane Austen, Ian Edington & Robert Deas

É uma verdade, provavelmente ainda não, universalmente conhecida que eu gosto muito de Jane Austen, tanto que já há algum tempo cultivo a tradição de começar todos os anos lendo um livro dela. Assim, foi com igual surpresa e alegria que recebi inesperadamente esse escandalosamente lindo presente de minha amiga Aline do insta @casinhadebrinquedo, provando o quão bem ela conhece meu apreço tanto pela obra mais famosa da escritora quanto por histórias em quadrinhos.


O livro “Orgulho e Preconceito” foi uma das minhas primeiras resenhas aqui para o EntreLinhas Fantásticas lá nos primórdios e é um favorito meu de todos os tempos. Portanto é fácil imaginar que a ideia de uma versão em quadrinhos sequer necessitou muito esforço para despertar a curiosidade desta fã que vos fala e, por isso, essa belezinha publicada pela Editora Nemo é uma das muitas HQs que estavam na minha lista de desejos já há algum tempo.

Muito mais conhecida pelo icônico romance de um dos casais mais famosos da ficção, essa obra é acima de tudo uma crítica à sociedade da época, o que sempre me arrancou muito mais gargalhadas do que suspiros. Com uma escrita deliciosamente sagaz e nem um pouco desprovida do bom e velho sarcasmo, Orgulho e Preconceito é um marco da literatura que contribuiu para que muitos considerem Jane Austen a primeira romancista moderna da literatura inglesa.

Assim, me surpreendeu bastante que essa edição conseguiu trazer tudo aquilo que a obra é e passa só que de uma forma ainda mais leve e, vindo de uma fã hardcore isso deve significar alguma coisa. Quase que 100% fiel, essa adaptação é como ler um fenomenal resumo do original, para mim foi como relembrar todo o livro com uma leitura muito mais rápida, o que pode ser tanto um prazer breve e despreocupado para fãs mais fervorosos quanto uma boa introdução para leitores, digamos, mais iniciantes - até mesmo porque os diálogos e situações são por muitas vezes bem mais simples, mas não perdem significado.



As ilustrações são belíssimas e fazem juz a esse clássico, fazendo dele mais moderno, mas não menos encantador. A capa é linda, mas a contracapa é deslumbrante. Uma das únicas coisas que me incomodou um pouco foi que Mr. Darcy e Wickham ficaram bastante parecidos e, para mim, isso é quase uma ofensa e acredito que não estarei sozinha nessa convicção. Mas nada que tire o brilho dessa linda edição que tem um ótimo acabamento e certamente merece um espacinho na prateleira dos fãs.


Agora quando sentir falta das belas terras de Pemberley, mesmo quando o tempo me faltar, já tenho como fazer uma breve visita a esses velhos e queridos amigos.

Nota: 4,5/5★
A HQ no Skoob: Orgulho e Preconceito |HQ|

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.